BEM VINDOS

BIOGRAFIA

Faço parte da velha guarda
da MPB em Goiânia e atuei como
participante de vários grupos da cidade
em trios e quartetos.

Meu interesse pela música me fez continuar tocando e fazendo acompanhamentos para diversos artistas, inclusive participando de gravações com eles. Continuei na linha de composições quando reencontrei em Brasília o também compositor e letrista Renato Castelo, com quem iniciei uma parceria que resultou no CD “Amigo”.

Confira acima o vídeo do show de lançamento
(Música – Vida)

MÚSICAS

LETRAS

AMIGO A GENTE VÊ PELAS CALÇADAS
AONDE A GENTE TODO O DIA VEM E VAI
AMIGO A GENTE VÊ PELAS ESTRADAS
ONDE A VIDA NOS LEVOU, NUM LEVA E TRAZ
AMIGO A GENTE GOSTA ASSIM SEM VER O TEMPO
E A TEMPESTADE NÃO SE CONTA E TUDO É BOM
AMIGO A GENTE VÊ NA MADRUGADA
QUANDO ELE ABRE A PORTA, CANTA E PEDE O TOM
E SE O TEMPO SE FAZ DE MEDIDA
COMO UM VINHO QUE REPETE O CORAÇÃO
TE DÁ A MÃO SEM DIZER QUE É AMIGO
MAS CULTIVA O SENTIMENTO E O CORAÇÃO
AMIGO É NUNCA DEIXAR SÓ
TODA PALAVRA E O SENTIMENTO
AMIGO É PRA TODO MOMENTO
ÀS VEZES APERTO DE MÃO
ÀS VEZES TODO CORAÇÃO
ÀS VEZES NADA, SÓ OUVIR
ALGUMAS VEZES SÓ FALAR
E ATÉ BRIGAR E DISCUTIR
UM TIME, UM AMOR, QUASE DE COR
SABER SOMAR E DIVIDIR
E SEMPRE A MÚSICA NO AR
E SEMPRE O BRAÇO DE PERDÃO
E SEMPRE O AMIGO QUE DIZ SIM
PRA OUTRO AMIGO QUE DIZ NÃO
AMIGO É PRA NÃO SE ESQUECER
E QUANDO TUDO SE ACABAR
AMIGO É PRA GENTE CALAR
QUANDO A SAUDADE APARECER.
Renato Castelo/Marcio A. Veiga – 15/4/2009 16:57:53 | BR-IHX-15-00001
Vida
Dádiva
Dividida
Dúvida
Da vida
Dividida
Dividir
Divertir
Decidir
E rir
E repartir
A diversão
A versão
Da vida
E repetir
O vir
O não vir
Repetir
O sentir
Pra onde ir
Pra onde não ir
Vida
Dádiva
Dividida
Dúvida
Da vida
Dividida
Dividir
Divertir
Decidir
E rir
Vida
Vida
Dividida da dúvida
Vida
Divertida
Vida
Viver
Foi Sempre
Sem Querer.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo | BR-IHX-15-00002
SE NÃO FOR COM VOCÊ
NÃO VAI SER COM NINGUÉM
NEM SE O MUNDO ACABAR AMANHÃ
EU QUE JÁ FUI MUITO SÓ
PODE SER BEM PIOR
SE A GENTE NÃO SE PERTENCER
EU DEIXEI MEU PERFUME
NO SEU TRAVESSEIRO
E MOLHEI MEUS CABELOS
EM SUAS MÃOS
E QUANDO VOCÊ CHOROU
PROMETEMOS AMOR
MAS PARECE QUE TUDO ACABOU
SE NÃO FOR COM VOCÊ
EU VOU TER QUE SOFRER
E FICAR MAIS QUE SÓ
E FICAR SEM VOCÊ
É MORRER SEM NEM VER
É DESAPARECER
É TENTAR ESQUECER
SEM QUERER
SEM SABER
SE PERDER
NUNCA VÁ ME ESQUECER
SOU AQUELE QUE CRÊ
SEM NEM VER
E VOCÊ TEM DE QUERER
TELEFONA PRA MIM
FAZ DE CONTA QUE É SIM.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo | BR-IHX-15-00003
PODE BATER NA PORTA
QUE NÃO TEM PERDÃO
FUI FERIDO E A DOR
VEIO SÓ DE VOCÊ
ME ENTREGUEI, ME ILUDI
ME PERDI, DISSE SIM
VOCÊ FEZ O QUE QUIS
ME ARRASTEI PELO CHÃO
VOCÊ DIZ QUE É DE MENOS
EU SEI QUE É DE MAIS
NUNCA VI NESTA VIDA
CORAÇÃO CAPAZ
DE SER MAU NOVAMENTE
E ME DILACERAR
PELO MENOS PODIA
TENTAR SE ENGANAR
PELO MENOS PODIA
FUGIR ME DEIXAR
SE EU NÃO TENHO MAIS NADA
PRA OFERECER
EU NÃO TENHO MAIS NADA
SÓ TIVE VOCÊ
QUE EU NÃO QUERO
E QUERENDO
SÓ VOU SOFRER
E POR NÃO QUERER
EU VOU MORRER.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo | BR-IHX-15-00004
CUIDADO
EU SOU O MALANDRO QUE ESCONDE A BOLINHA
NAVALHA NO BOLSO
CORDÃO NO PESCOÇO
NO PEITO UM ALVOROÇO
POR TODA MULHER
CUIDADO
QUE A PARTE MACIA
É FEITA DE OSSO
TEIMOSO E GOSTOSO
SOU GATO DE RUA
ME ESCONDO NA LUA
ATRÁS DE UM CAFUNÉ
SOFRIDO
POIS EU FUI CRIADO A PÃO E SARDINHA
SEI TODO O DESGOSTO DE UM POBRE NA LINHA
MAS GRAÇAS A DEUS
NUNCA MAIS ANDO A PÉ
TINHOSO
A VIDA É UM DOMINGO
QUE NUNCA TERMINA
UM JOGO DE CENA
MUITA SERPENTINA
PRA TER ESPERANÇA
SEM PERDER A FÉ
NO FIM
CULPADO É O MORDOMO
É O MOTORISTA
A VIDA SE VESTE
COMO UMA CORISTA
E VOCÊ REALMENTE
NÃO SABE QUEM É.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo – 08/03/2014 | BR-IHX-15-00005
VEJA
VOCÊ DIZ QUE QUER APENAS
OS MEUS BEIJOS, MEUS POEMAS
E ESSE COLO É UM FAVOR
DE UM GUERREIRO QUE SE CANSA
ENTÃO VEM COMO CRIANÇA
SE DERRETE, SE INCOMODA
SE ACOMODA PRA DORMIR
PEDE BEIJOS ÀS CENTENAS
VAI EMBORA E DEIXA ALGEMAS
DESARRUMA E MUDA A CENA
QUEM QUERIA DESPEDIDA
FICA SÓ, MUITO SENTIDA
PERDE O SONO, SE CONDENA
MENTE, DIZ NÃO VALE A PENA
MAS ESCREVE NO DIÁRIO
PERDI OUTRA VEZ POR TER AMADO
QUEM SE IMPORTA SE O PASSADO
SE REPETE A CADA DIA
ALGEMAS
SÃO COMPASSOS, MELODIAS
SÃO CANÇÕES DESESPERADAS
QUE EU CANTO TODO DIA.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo | BR-IHX-15-00006
DEVOLVE SIM
O POUCO QUE TE DEI DE PAZ
DEVOLVE SIM
VOCÊ COM ISSO NADA FAZ
DEVOLVE SIM
O ENDEREÇO DESSE CORAÇÃO
DEVOLVE O SIM
O NÃO EU NÃO DEVOLVO NÃO
DEVOLVE O AMOR
QUE EU TE DEVOLVO A PAIXÃO
TROQUE POR MIM
O BEIJO E O LEVANTAR DA MÃO
RETROQUE O ESPERAR
POR TODA ESPERANÇA ENFIM
E PAR COM PAR
E MÃO COM MÃO
SEM SE IMPORTAR
NÃO CHORO NÃO
TROQUE POR MIM
O BEIJO E O LEVANTAR DA MÃO
TROQUE ESSE AMOR
JOGUE AOS MEUS PÉS
BEM TRISTE O MEU CORAÇÃO.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo 14/04/2009 – 18:34:28 | BR-IHX-15-00007
DÔRA QUE DOR É ESSA
VEJA SÓ O QUE VOCÊ FEZ
TORCEU O AMOR ATÉ DOER
ATÉ O AMOR DESAPARECER
SECOU NÃO TEM MAIS JEITO NÃO
NEM SE VOCÊ MOLHAR
NEM SE VOCÊ CHORAR, TEM NÃO
NEM SE SE ARREPENDER
(REPETE)
DÔRA JÁ FUI DE ME LEMBRAR
HOJE SOU SÓ DE ME ESQUECER
NEM SE VOCÊ BRILHAR VOU NÃO
UM VAGALUME SE APAGOU
OLHA PRO CÉU DÔRA
E VOCÊ VAI VER
COMO ESTÁ SÓ
E COMO TUDO TERMINOU
PODE CHORAR
NÃO VOLTO NÃO.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo 15/04/2009 – 19:08:02 | BR-IHX-15-00008
E O TIRO SAIU PELA CULATRA
ENFIM ME LIVREI DAQUELA CHATA
VOU SAMBAR SEM CHINELO, PÉ NO CHÃO
LIBEREI GERAL MEU CORAÇÃO
VOU MOSTRAR O MEU PINHO
NA MADRUGADA
E CANTAR O MEU SAMBA
NA CALÇADA
RELEMBRANDO OS BONS TEMPOS DE ENTÃO
RELEMBRANDO OS BONS TEMPOS DE ENTÃO
NÃO VOU DEIXAR
QUE NINGUÉM VENHA ME DIZER
O QUE EU DEVO FAZER
NEM O QUE POSSO FALAR
QUERO TRAZER
O MEU PINHO COLADO
BEM JUNTO DO PEITO
RASGANDO UM SAMBA DO MEU JEITO
FAZENDO FELIZ MEU CORAÇÃO.
Marcio A. Veiga – 25/04/2009 – 10:05 | BR-IHX-15-00009
VOCÊ ME DEIXOU SOZINHO
DIZENDO QUE NÃO IRIA MAIS VOLTAR
ENTÃO EU SAÍ VAGANDO
FUI PERAMBULANDO
INDO DE BAR EM BAR
NÃO PUDE ENCONTRAR NO COPO
A RAZÃO E O PORQUÊ DE TUDO SE ACABAR
PAREI PRA PENSAR DIREITO
SE NÃO É DEFEITO
NÃO LHE PERDOAR
DESCOBRI QUE A PAIXÃO MUITO DÓI
MAS TAMBÉM QUE ELA PASSA E SE VAI
DEIXA SÓ MUITA MÁGOA, PORÉM,
ELA AINDA NÃO É O AMOR
SÓ POR ELE SE PODE SOFRER
E O AMOR É MAIOR QUE NÓS DOIS
NÃO MACHUCA E NEM SE ESVAI
NÃO HÁ DEPOIS
VOCÊ FOI SÓ PORQUE NÃO AMOU
QUEM PERDEU TALVEZ SEJA VOCÊ
ENTÃO FIQUE NO MUNDO QUE É SEU MEU BEM
VÁ EMBORA…
Marcio A. Veiga – 15/04/2009 – 21:48 | BR-IHX-15-00010
TIRO DE MIM ESSE CORPO
ESSE ABRAÇO ESSE BEIJO
ESSE CHEIRO DE AMOR
TIRO DE MIM ESSA MANCHA
DA PELE, DA ALMA
ESSE CHEIRO DE FLOR
RASGO-ME EM LINHAS E DENTES
E TIRO AS SEMENTES
QUE PLANTOU EM MIM
QUEBRO E QUEIMO ESSE CASO
TRANSFORMANDO EM CINZAS
O QUE FOI SEMPRE ASSIM
TURVO E MISTURO ESSE BRILHO
DE VINHO SEM COR
ME DERRAMO EM NADA
E CONTINUO NA ESTRADA
VOLTANDO PRA DOR
EU SOU A MULHER QUE CHORA
EU SOU QUEM VAI EMBORA
SOU QUEM NUNCA PERDEU
O SENTIDO DO AMOR
VOCÊ, SIM! ADEUS.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo 05/04/2009 | BR-IHX-15-00011
ESSE MEU RIO
VAI INDO PRO MAR
LEVA CONSIGO
A SAUDADE DE CÁ
ARRANCA LEMBRANÇAS
DO MEU CORAÇÃO
CADA PEDAÇO DE TERRA
É O MEU CORAÇÃO
LEVA CONSIGO
A VONTADE QUE DÁ
DE PEGAR TRISTEZAS
E CHORAR NO MAR
RIO VERMELHO
MEU RIO VERMELHO
ESPELHO
ESPELHO
ESPELHO.
Marcio A. Veiga/Renato Castelo 15/04/2009 | BR-IHX-15-00012

SHOWS

Clique no botão para ver.

CONTATO